Questões simuladas da ANAC sobre o MOTORES DE AVIÃO

1. Com relação a disposição dos cilindros, um motor convencional pode ser classificado como:

a) radial
b) em V
c) em linha
d) todas anteriores

2. Os motores a pistão podem ser classificados como:

a) a três tempos e a quatro tempos
b) a jato e hélice
c) a dois tempos e a quatro tempos
d) a reação e turbo-hélice

3. A força do pistão para o eixo de manivelas é transmitida pela(o):

a) cárter
b) virabrequim
c) biela
d) cilindro

4. Durante o tempo de escapamento, os gases queimados são expulsos do interior do cilindro através da(o):

a) cárter
b) virabrequim
c) pistão
d) carburador

5. A parte do motor na qual a potência é desenvolvida, chama-se:

a) cárter
b) cilindro
c) carburador
c) carburador

6. A parte da cabeça do cilindro responsável por boa parte do resfriamento da estrutura do cilindro, é denominada:

a) aletas
b) cowlflaps
c) válvulas
d) molas

7. O fechamento das válvulas de admissão e escapamento ocorrerá através da atuação das(os):

a) tucho
b) ressaltos
c) roletes
d) molas

8. Os quatro tempos de um motor a pistão são:

a) admissão, compressão, combustão e expansão
b) admissão, compressão, ignição e exaustão
c) admissão, compressão, tempo motor e escapamento
d) admissão, compressão, expansão e escapamento

9. A combustão da mistura ar/combustível ocorre no tempo:

a) combustão
b) motor
c) exaustão
d) ignição

10. O tempo no qual ambas as válvulas encontram-se fechadas e o pistão desloca-se do PMI ao PMS é denominado:

a) compressão
b) escapamento
c) expansão
d) admissão

11. A distância entre o ponto morto superior (PMS) e o ponto morto inferior (PMI) é denominada:

a) cilindrada
b) volume
c) curso
d) fase

12. Assinale a alternativa correta:

a) a quinta fase de um ciclo é a de escapamento
b) a quarta fase de um ciclo é a de combustão
c) a sexta fase de um ciclo é a de expansão
d) a terceira fase de um ciclo é a de compressão

13. O único tempo, num motor de quatro tempos, que efetivamente produz potência, é:

a) admissão
b) tempo motor
c) escapamento
d) compressão

14. À medida que o pistão move-se do PMI para o PMS empurrando os gases queimados, no tempo de escapamento, a pressão no cilindro irá:

a) aumentar
b) diminuir
c) permanecer constante
d) varia de um cilindro para outro

15. Após a queima do combustível, com a descida do pistão do PMS para o PMI, a pressão dentro do cilindro irá:

a) diminuir
b) permanecer constante
c) aumentar
d) impossível de se determinar

16. Após completados os quatro tempos e as seis fases, o eixo de manivelas terá girado um total de:

a) 180º
b) 360º
c) 540º
d) 720º

17. As fases que ocorrem durante os quatro tempos de um ciclo, são respectivamente:

a) admissão, compressão, tempo motor e escapamento
b) admissão, compressão, ignição, combustão, expansão e escapamento
c) admissão, compressão, tempo motor, combustão e expansão
d) admissão, compressão, combustão, expansão e escapamento

18. O tempo em que corre a expulsão dos gases queimados dentro de um cilindro, chama-se:

a) expansão
b) escapamento
c) ignição
d) combustão

19. Após completada a primeira fase, o eixo de manivelas terá girado um total de:

a) 270º
b) 360º
c) 90º
d) 180º

20. O volume total deslocado pelo pistão entre o PMI e o PMS, multiplicado pelo número de cilindros do motor, é denominado:

a) curso
b) volume do cilindro
c) cilindrada
d) torque

21. As modificações que resultam no ciclo real de um motor a quatro tempos tem a finalidade de:

a) diminuir a rotação do motor
b) eliminar uma das fases do ciclo de Otto
c) melhorar a eficiência do motor
d) todas as anteriores

22. Durante o ciclo real de um motor a pistão, o momento em que as duas válvulas estão abertas é chamado de:

a) cruzamento de válvulas
b) avanço da válvula
c) retardo da válvula
d) disparo da válvula

23. Durante o ciclo de um motor a dois tempos ocorrem:

a) quatro fases
b) seis fases
c) quatro tempos
d) duas fases

24. Durante o ciclo de um motor a dois tempos, o eixo de manivela percorre:

a) uma volta
b) duas voltas
c) quatro voltas
d) meia volta

25. As válvulas de admissão e escapamento e as velas de ignição, localizam-se:

a) no corpo do cilindro
b) no cárter
c) na cabeça do cilindro
d) no berço do motor

26. O eixo de manivelas e o cilindro são suportados e fixados no motor através do:

a) balancim
b) cárter
c) mancal
d) coxim

27. A estrutura que fixa o motor ao avião, é o:

a) coxim
b) pino do motor
c) berço do motor
d) mancal

28. A potência de decolagem de um determinado motor é de 120 HP, está potência é denominada de:

a) indicada
b) atrito
c) nominal
d) necessária

29. A potência máxima que um motor é capaz de empregar continuamente é denominada:

a) potência nominal
b) potência indicada
c) potência máxima
d) potência máxima contínua

30. O volume de ar deslocado pelo pistão durante o seu curso, chama-se:

a) volume do cilindro
b) cilindrada
c) potência
d) rendimento

31. Quando o volume do cilindro estiver limitado apenas ao volume da câmara de combustão, o pistão estará:

a) no PMI
b) no PMS
c) a meio curso
d) impossível de se determinar

32. A potência medida no eixo da hélice chama-se:

a) potência nominal
b) potência útil
c) potência necessária
d) potência efetiva

33. A hélice converte a potência efetiva recebida do motor em potência:

a) útil
b) nominal
c) indicada
d) de atrito

34. Uma hélice de baixa eficiência resultará na degradação da potência:

a) necessária
b) indicada
c) de atrito
d) útil

35. A potência máxima que o grupo motopropulsor é capaz de fornecer ao avião, chama-se:

a) potência necessária
b) potência disponível
c) potência indicada
d) potência

1D 2C 3C 4C 5B 6A 7D 8C 9B 10A 11C 12B 13B 14B 15C 16D 17B 18B 19D 20C 21C 22A 23B 24A 25C 26B 27C 28C 29D 30B 31B 32D 33A 34D 35B